[bate-papo] Como foi o lançamento do livro “Violência, Democracia e Black Blocs” em Cachoeira do Sul

1622267_812549425425740_1401596682_n

Na noite deste sábado, 08 de Fevereiro de 2014, a Editora Artesanal Monstro dos Mares serviu um chá gelado e colocou a banquinha na garagem para receber as pessoas de Cachoeira do Sul para o lançamento do livro “Violência, Democracia e Black Blocs“, do Sociólogo Nildo Avelino.

Durante o evento, a Rádio Caruncho FM Livre tocou vários sons que foram do samba ao black metal, passando por marchinhas de carnaval e o anarcofunk. Como as conversas estavam animadas decidiu-se ligar os microfones para fazer as ideias ganharem novos espectros, inclusive o sonoro.

Confira as imagens e áudio com o bate-papo. Existem alguns chiados, plics e placs no som, mas acredite que foram tratados na medida do possível.


Faça o download do áudio para ouvir onde quiser.

Veja como foi: Oficina de zines em Cachoeira do Sul

1544566_459843844117907_565705258_n
No dia 18 de Janeiro, atendendo ao convite do Movimento Feminista de Cachoeira do Sul, a Editora Artesanal Monstro dos Mares, com o apoio da Rádio Caruncho FM Livre, realizou uma oficina de zines. Na ocasião foram apresentados os conceitos básicos do que é fanzine, um pouco de sua história, exibição do documentário “Fanzineiros do Século Passado“, roda de bate-papo, oficina, exposição, vendas e logicamente a oficina de como fazer zines.

I used to say that I was dumb I couldn’t do the things he could
But listen here you boy I don’t need nothing from you
Don’t buy a zine that says to you that you have to wear make up
Don’t buy a zine that says to you that you have to lose some weight
They think that life’s a surrender and so am I.
And I think it’s time to make a choice do something good in your life.
I need no boys I can use my own mind. D need nothing from you. didn’t learn anything today don’t wanna go to school. I can learn with the news I can learn reading a book. don’t buy a zine that says to you
“What’s wrong about playing with boys”.
Don’t buy a zine that says to you “the world is made of love and joy”
♬ Dominatrix – No Make Up Tips

O evento que iniciou as 17h, se foi até próximo das 22h, quando vencidos pelo cansaço, foram recolhidos os equipamentos. A exibição do documentário e a roda de conversas foram bastante significativas para as pessoas compreenderem os processos da fanzinagem com instrumento de publicação alternativa, marginal e pedagógica de baixíssimo custo. A autonomia proporcionada pelos zines também ficou bastante evidente com a exibição do documentário, mas ficou ainda mais evidente ao apresentar a sua utilização em sala de aula.

A Feira Livre Municipal de Cachoeira do Sul mostrou-se mais uma vez ser um equipamento cultural amplo e diversificado, que merece maior atenção e utilização por parte de grupos, coletivos e movimentos. Uma vez que o espaço fornece em suas instalações a luz, água, energia elétrica e amplo espaço de convivência.

Estamos sempre dispostos em partilhar conhecimentos e contribuir no empoderamento de mulheres em qualquer atividade social e humana.

Racha Macho!

Fanzineiros do Século Passado – Capítulo 3 (full) from Márcio Sno on Vimeo.

Monstro dos Mares no 2º Faça Você Mesmx – Zine Festival

996054_771063699574313_470515771_n(1)

A Monstro dos Mares participou do 2º Faça você mesmx – Zine Festival e voltamos cheios da energia libertária que rolou por lá!! Levamos o “Cultura de Segurança” e uma reimpressão do #00 do Leviatã de Papel. As trocas foram muito generosas!! O espaço de dádiva estava repleto de zines excelentes, sempre repostos conforme o pessoal ia pegando, a programação estava muito boa, com zineiros tarimbados dividindo suas experiências!

Zines são a literatura cinzenta do underground. Nesse caso o adjetivo “cinzenta” define bem a forma como são produzidos e circulam os zines, do lado de fora dos mercados editoriais, da publicidade e da imprensa, de forma subterrânea, público geralmente pouco amplo e local. Mas, se a caminhada dos zines tem esse aspecto “cinzento”, também tem outro, cheio de cores: o dos laços de comunidade que unem os zineiros.

Participar de eventos de zine é sempre compartilhar ideias, caminhos, lutas, erros e acertos, posicionamentos e esperanças. Seja nos zines políticos radicais, seja nos mais introspectivos e pessoais, essa troca é sempre rica e generosa.

Quadrinhos, poesia, arte, denúncia, utilidade comunitária, mitologias pessoais… Nesse canal alternativo, transita um tipo de informação que não se acha por aí. Nas páginas xerocadas com gravuras, desenhos colagens e textos reside um universo não mencionado em outros lugares, uma vasta paisagem, habitada pelas vontades, medos, crenças, estéticas e poéticas mais viscerais e legítimas da humanidade.

Um festival de zines é uma zona autônoma. É um veículo de uma ética, a ética da destruição do mundo e da reconstrução de outro, onde a liberdade e a criatividade sejam a única lei!

Lançamento do livro “Anarquismo e suas aspirações”

anarquismo-e-suas-aspiracoes

A AntiEditora Editora Libertária, de Araranguá (SC) fará o lançamento em Cachoeira do Sul o livro “Anarquismo e suas aspirações“, de Cindy Milstein, com versionamento e apontamentos para o português por Rafael Reinehr.

Dia 23 de Novembro de 2013
20h

Jantar: Fusilli com vegetais (trazer contribuições)
Música: Traga pendrive e monte sua playlist por favor
Local: Editora Artesanal Monstro dos Mares, Rua Dona Hermínia, 2392.

O livro estará disponível por R$15,00

Calendário de Novembro

acao-autonoma

A Editora Artesanal Monstro dos Mares + AntiEditora Editora Libertária, estarão presentes em diversos eventos no mês de Novembro, graças a boa vontade das pessoas que participam deste coletivo publicador em se deslocar por aí e/ou ajudar com doações para custear viagens e impressões de mais e mais exemplares.

– dia 10, Feira do Livro Anarquista de São Paulo
– de 11 a 13, Colóquio Internacional Ciência e Anarquismo da USP
– dias 14, 15, 16 e 17, Aldeia Caiana, Vera Cruz, RS
– dias 15, 16 e 17, IV Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre
– dia 15, Festival Eu Quero é Rock II, Cachoeira do Sul, RS
– dia 16, Lançamento e conversa sobre O ANARQUISMO E SUAS ASPIRAÇÕES, Porto Alegre, RS
– dia 24, Vandalismo Cultural, Pindamonhangaba, SP (http://vai.la/3gi8)

Pedidos, encomendas, doações e informações por inbox ou através do e-mail monstrodosmares@riseup.net

I Encontro Anarquista de Ribeirão Preto

i-encontro-anarquista-de-ribeirao-preto

I Encontro Anarquista de Ribeirão Preto, realizado pelo Coletivo Libertário Viver a Utopia nos dias 12 e 13 de Outubro no Memorial da Classe Operária. O evento contará com a presença de editoras e ocorrerá conjuntamente XII Expressões Anarquistas.

Informações:
http://viverautopia.org/
Fanpage no Facebook

[oficina] Cultura de Segurança: Privacidade na Internet

cultura-internet-med

Em tempos de espionagem digital, NSA, Wikileaks, SOPA, PIPA, Lei Azeredo e tantas outras ameaças, venha participar de um bate-papo sobre os seus dados na rede e o que você pode fazer para proteger e-mails, conversas e dados pessoais de ataques de crackers, governos e corporações.

Dia 06 de Outubro, Domingo.
Cultura de Segurança: Privacidade na Internet

Atividades:
14h 30min – WikiRebels – O Documentário do WikiLeaks
15h 30min – Bate-Papo sobre o filme
16h 30min – Oficina de ferramentas de segurança

Confirme presença no Facebook (se quiser)

Wi-fi free
http://monstrodosmares.com.br/

[debate] I Multiálogo de Não Cooperação com o Capitalismo e Co-criação de Alternativas

multialogo

Vivemos um momento de interessante desafio à ordem, às hierarquias e aos vários autoritarismos que permeiam nossa vida social e política.

Está todo mundo falando da mesma coisa, muitos foram tocados pela “fadinha antihierárquica”, mas poucos ainda sabem o que fazer e como se comportar frente às perspectivas que se abriram.

Muitos já voltaram às suas pacatas vidas normais, enquanto outros buscam organizar-se e convergir suas ações com outros movimentos e redes afins, mais do que nunca.

O I Multiálogo de Não Cooperação com o Capitalismo e Co-criação de Alternativas, iniciativa da Coolmeia, Ideias em Cooperação e da The Brains Cooperation, com apoio da P2P Foundation Brasil e da Editora Artesanal Monstro dos Mares visa estabelecer um ponto de diálogo entre estas redes, coletivos e movimentos afins.

O que vai sair daí? Que futuro criaremos? Resta a nós definir. O encontro acontecerá em uma ágora virtual chamada Ágora.CC – um software livre, hospedado em um servidor livre. Para instalar, com antecedência, visite http://agora.cc/tutorial.html e siga as instruções.

[evento] No fundo do poço habita o monstro

1098147_700633293284021_1267101971_n

“Enfie os pés no balde e segure firme na corda enquanto alguém gira a manivela. Pouco a pouco as paredes escuras do poço pintam toda a sua visão do mais puro breu, a temperatura baixa e a umidade do lugar toma conta dos seus ossos.

A corda desce, o balde se movimenta quebrando o silêncio sepulcral do poço, o eco do tilintar de pequenas pedrinhas e das goteiras dão a noção aos seus sentidos da altura em que estás, girando pela manivela é possível perceber que a água está cada vez mais próxima.

Lentamente seus pés mergulham, o corpo inteiro se resfria, rapidamente os tentáculos abraçam, envolvem e puxam sua carcaça humana para dentro do estômago do grande monstro. Lá, deslizando pelo tobogã ondulado da traqueia, repousas solenemente nos braços de seus companheiros e companheiras de luta para uma reunião.

Ao final do encontro sairás cuspida e mastigadamente, retornarás à palidez da superfície radiante de energia transformadora (ou pode ser apenas a baba de todas as conversas). Depois de dias de lutas e noites de amor, o carinho dos abraços, das rodas de chás e do sono perdido, serão não somente as boas histórias para contar deste mergulho e entregas no fundo do poço.”

Encontro de apresentação da Editora Artesanal Monstro dos Mares, debate sobre livros artesanais, recepção de novxs autorxs, inicio das atividades da garagem cultural biblioteca libertária e a urgência da literatura marginal nos dias de hoje.

Dia 24/09
19 horas
Rua Dona Hermínia, 2392.
Trazer contribuição para o jantar (dinheiro ou alimentos), se possível.
Cardápio será definido na hora.

Traga seu pendrive, notebook, tablet ou celular para troca troca de arquivos digitais.
Wi-Fi Free

Aceitamos doações de livros, revistas em quadrinhos, filmes em dvd e discos de vinil para o projeto da garagem cultural.

www.monstrodosmares.com.br

Fanzine Fest Floripa II

 

No dia 24 de Novembro, Desterro receberá novamente o Fanzine Fest Floripa, um evento que busca celebrar as produções independentes na Ilha e noutros confins do universo.

Além da exposição de zines, vão rolar diversas atrações como máquina de xerox liberada, máquina de bottons, mostra de vídeos, exposições de desenhos, fotografias, pinturas e oficinas diversas.

A entrada será apenas 2 reais para ajudar a custear as máquinas de xerox e de bottons e as pessoas estão todas convidadas à levar seus materiais e intervenções. Compareça ;)

Fanzine Fest Floripa II
24 de Novembro
Rua José Francisco Dias Areias, 359 – Trindade

Informações:
http://fanzinefestfloripa.wordpress.com/
Evento no Facebook