//Ciberfeminismo – Campanha de Financiamento

capinha

//CIBERFEMINISMO
Aperte enter para rodar o código de novo livro da Editora Monstro dos Mares “Ciberfeminismo: Tecnologia e Empoderamento” uma produção coletiva, reunindo artigos de colaboradoras e textos selecionados. Apoie no Catarse para tornar o livro em realidade!

https://www.catarse.me/livrociberfeminismo

Desde que deixou os laboratórios das universidades e outros centros de pesquisa e tecnologia – tradicionalmente ocupados por homens cis, brancos, hetero, e membros da elite econômica –, a Internet se constrói como um local que, ao mesmo tempo, abriga (re)produção de discursos misóginos e tem o potencial de ser uma ferramenta poderosa para o enfrentamento daqueles mesmos discursos.

A coletânea que apresentamos agora começou a tomar forma em 2015, quando aEditora Monstro dos Mares realizou uma chamada pública de artigos sobre o ciberfeminismo. Os textos recebidos foram selecionados e organizados em um panorama que mostra alguns desdobramentos da militância feminista no ciberespaço, que o compreendem como zona fértil para a proliferação do poder feminino através da apropriação dos meios tecnológicos e sua transformação em ferramentas de luta.

Autoras:

<Claire L. Evans>
<Talita Santos Barbosa>
<Tatiana Wells>
<Jarid Arraes>
<Fhaêsa Nielsen>
<Caroline Franck + Cássia Rodrigues Gonçalves + Êmili Leite Peruzzo>
<Izabela Paiva>
<Graziela Natasha Massonetto>
<Priscila Bellini>
<Soraya Roberta, [S. R.]>
<Angélica Schenerock>

Organização:

<Claudia Mayer>

Ao apoiar esta campanha você não estará apenas “comprando um livro”. Cada contribuição tornará possível a produção de mais livros. Quando você receber o seu, outro será destinado a coletivos de militância, bibliotecas autônomas, e outras pessoas que, ao entrar em contato com a tinta no papel, farão a diferença que o mundo precisa hoje.

(As colaborações que não compõe a versão impressa da coletânea serão disponibilizados para download quando do lançamento do livro.)


Ciberfeminismo: Tecnologia e Empoderamento
A5 (148.5 x 210 mm)
100 páginas (apróx)
Capa em papel branco offset 230gr
Miolo em papel branco offset 75gr

PREVISÃO PARA JANEIRO DE 2017
Com seu apoio poderá ser antes =)

Orçamento

Onde serão utilizados os valores arrecadados

  • 50% Impressão
  • 30% Correios
  • 13% Catarse
  • 07% Recompensas

[informe] Você pode doar Bitcoins para fazer mais livros

A Editora Monstro dos Mares está aceitando Bitcoins para poder de botar mais e mais livrinhos na rua. Essa moeda alternativa é utilizada em diversas transações na internet e utiliza-la é bastante simples.

Para doar Bitcoins:
15qPoXdYbLvwEsEnLH7cLsTKKERL9HPLvS (a carteira exige depósitos mínimos de 0.0001)

QR-Code:

Oficina: WordPress para Ativistas

O Editora Artesanal Monstro dos Mares dos Aráças promove, através da vice-presidência de comunicação e tecnologia da Defender – Defesa Civil do Patrimônio Histórico, a oficina de WordPress para ativistas, blogueirxs e webdissidentes.

A oficina começa com um bate-papo sobre WordPress, liberdade em rede, censura, liberdade de expressão, internet livre, cibercidadania, metagoverno e metaparticipação. Após a apresentação entre xs participantes, seguirão os tópicos:

  • instalação e configuração
  • páginas, posts, categorias e links
  • temas e plugins
  • estratégias de publicação e divulgação

Sábado, dia 28/05, 18h na Lagoa da Conceição
Manoel Severino Oliveira, 19 (antigo Café dos Araçás)
http://monstrodosmares.com.br

O Café dos Araçás

A casa na Lagoa da Conceição, onde está localizado o Editora Artesanal Monstro dos Mares dos Araçás é conhecida pela comunidade local como Café dos Araçás. Pergunte a qualquer um onde fica e a simpática esquina [antes amarela, agora colorida] será apontada.

O Café dos Araçás é, por sua história, um local de arte, cultura e pensamento. Escola, salão de bailes, bar de jazz, pizzaria… é um ponto de encontro. A casa, de 1846, fornece um ambiente em que as ideias podem florescer, beneficiando a internet, o coletivo, os moradores locais, turistas e visitantes.

Esse ambiente proporciona um espaço interativo, que permite o livre fluxo entre os meios de comunicação relacionados com a tecnologia, cinema, arte, música, história e patrimônio. Aqui se promovem, a todo momento, valores e princípios da meta-participação, filosofias e práticas de trabalho compartilhado. É um espaço alternativo, que celebra a irreverência, o anti-conformismo, a sinceridade e a integridade.

Rejeitamos estratégias de poder e dominação, abraçamos o “Faça você mesmo”, o independente, o que desafia. Flexível, dinâmico e sensível! O intuitivo, o romântico e a afirmação da vida formam o ethos de nossas atividades.