[livro] O mal-estar do dominante: agradecimento aos apoios

Pessoas da Terra, amizades e compas.
Entre os meses de Abril e Julho de 2019 nos movimentamos para buscar recursos capazes de construir boa distribuição gratuita do exemplar impresso do livro “O mal-estar do dominante”. Um título que consideramos de muita relevância ao catálogo da Monstro dos Mares por abarcar em sua proposta aspectos que fazemos questão de elencar ainda que brevemente.

Método: a autora busca em sua metodologia ouvir (e estudar) a voz de personagens que por muitas vezes nos escapam aos sentidos, ficando sua interpretação restrita à generalização apressada e ao senso comum. O homem branco, cis, hétero é o objeto desse estudo que busca compreender as origens de sua falta de empatia.

Forma: É raro, não, raríssimo entrarmos em contato com um “ensaio enquanto tese”. Não é comum, nem sempre é aceito, muitas vezes se perdem na origem. A universidade tem seus ritos e nem sempre é possível romper com as formas do estabelecido. A autora nos apresenta o ensaio em primeira pessoa que deu origem à sua tese, que mesmo não sendo aceito entre os muros do conhecimento dominante, foi recebido nesta editora de braços abertos e fazemos muito gosto de sua ampla divulgação.

Em momentos tão difíceis de nossa sociedade, onde o preconceito, o patriarcado, a falta de amor e empatia causam estragos praticamente irreversíveis nas relações entre as pessoas, esse livro traz unidade, senso de cooperação e amor por tudo que acreditamos e por tudo que fazemos para combater as pequenas e as grandes opressões cotidianas.

Esse livro só foi possível graças à colaboração e solidariedade de pessoas que voluntariamente contribuíram no Catarse com recursos financeiros, transformando o projeto em realidade. Agradecemos imensamente as colaborações de:

  • Adail Sobral
  • Barbara Iansa de Lima Barroso
  • Bêh Arsênio
  • Camilo Skrok
  • Carolina Fernandes
  • Clara Silveira
  • Claudia Mayer
  • Cristina Zanella
  • Emily Vasconcellos
  • Fabiane Lettnin
  • Janaina WH
  • Leonardo Morales Ferreira
  • Lucas Alves
  • Luci Mari Leite Jorge
  • Patrícia dos Santos Quintana
  • Rafael Kimura
  • Régis Garcia
  • Rochele Souza Barbosa
  • Tiago Jaime Machado
  • Trober
  • Apoiadores e apoiadoras que optaram pelo anonimato

Numerologia do mês de Julho de 2019 🔮

Neste mês de Julho a Monstro dos Mares produziu livros e zines como se não houvesse amanhã. Estivemos no dia 6 na CripTainha, a CriptoFesta de Florianópolis e entre os dias 29 e 31 no III Congresso Internacional de Estudos de Linguagem (CIEL) na UEPG em Ponta Grossa.

Estamos felizes e orgulhosos de imprimir, cortar, grampear, empacotar e carregar o material pra lá e pra cá. No ano de 2019 decidimos viajar mais, circular mais com os livros e se você quiser recomendar eventos, estamos disponíveis para congressos, encontros, colóquios, seminários, shows e feiras.

Confira as impressões do mês de Julho de 2019:

  • Impressões totais desde Agosto de 2017: 235.684
  • Impressões de Julho de 2019: 27.677
  • Livros impressos: 327
  • Livros doados: 21
  • Zines impressos: 832
  • Zines doados: 247

Informações e curiosidades no hotsite Onion Tor Numerologia:
http://numerosjibchfrrm.onion

Para colaborar com a chegada de nossa nova impressora incendiária:
http://www.catarse.me/impressoraincendiaria

Por uma impressora incendiária

Olá, amizades!

Estamos na batalha para conquistar uma nova impressora, mais perigosa que a capa da revista Veja! Precisamos da sua ajuda, alegria e colaboração para atravessar os novos tempos. Queremos continuar fazendo muitos livros e zines. De Agosto de 2017 até o mês de Junho de 2019, fizemos mais de 200.000 impressões. Queremos fazer muito mais.

O próximo passo da Monstro dos Mares é intensificar o envio de materiais gratuitos para bibliotecas comunitárias, coletivos, movimentos sociais, grupos e círculos de estudos e singularidades identificadas ou interessadas em pesquisar os princípios e práticas anarquistas, anárquicas e de epistemologias dissidentes. Nossa editora está disposta a divulgar trabalhos impressos que podem contribuir à formação de pessoas interessadas em um modo de compreensão de mundo autônomo, libertário, não-binário e anárquico.

Para isso, pedimos sua colaboração na divulgação de nossa campanha “por uma impressora incendiária” no Catarse (http://catarse.me/impressoraincendiaria). Com o novo equipamento e o apoio de monas, minas e manos, vamos enviar muitos materiais com destino aos diversos recantos do país para fortalecer nossas culturas e resistências.

A campanha é na modalidade tudo ou nada (se não atingir o objetivo, o Catarse devolve a grana) e vai até o início do mês de Setembro. Agradecemos o seu carinho! =)

Livros e Anarquia!
Editora Monstro dos Mares
www.monstrodosmares.com.br

Agradecimentos Rede de Apoio de Junho e Julho + recompensa especial (Da Democracia à Liberdade)

Da Democracia à Liberdade: lançamento da Crimethinc. no Brasil por No Gods No Masters, Facção Fictícia e Subta

Somente com a contribuição mensal de compas que fazem parte da Rede de Apoio da Monstro dos Mares no Catarse que nosso bonde editorial pode seguir navegando nas águas da publicação. Não é a tarefa mais simples manter a editora, existir e fazer mais. Por isso temos muito à agradecer as pessoas que acreditam e confiam na atividade de colocar tinta no papel e distribuir.

“O mundo tem abundância suficiente para satisfazer as necessidades de todas as pessoas. A escassez é uma ilusão perigosa que funciona como uma profecia que serve a si mesma. Quando as pessoas param de dar e começam a acumular, a riqueza coletiva diminui. Ao superarmos o medo da escassez, a própria escassez desaparece. Os recursos comuns serão fartos se todas as pessoas compartilharem e contribuírem – ou mesmo se a maioria delas fizer isso. As pessoas gostam de ser ativas, criar e melhorar as coisas. Se elas tem acesso assegurado aos recursos comuns e abrirem mão da pobreza do trabalho assalariado, elas criarão com sobra as coisas que precisam e que lhes dão prazer – assim como a infraestrutura necessária para fazer e distribuir essas coisas.”

Peter Gelderloos, Anarquia Funciona.

O desejo para os próximos tempos é não depender da venda dos livros tão diretamente e fortalecer a Rede de Apoio para que a editora possa seguir existindo. Para imprimir materiais e fazer o envio gratuito aos movimentos de diversos recantos do Brasil. Fechar e despachar caixas para compas, por isso seguimos com a chamada à colaboração.

Para quem já faz parte da rede no Catarse, neste mês de Julho teremos uma recompensa muito especial, o lançamento “Da Democracia à Liberdade” de Crimethinc. com a colaboração de No Gods No Masters, Facção Fictícia e Editora Subta. Valeuzão mesmo! Segue os agradecimentos conjuntos dos meses de Junho e Julho de 2019:

  • Willian Aust
  • Manu Quadros
  • Lucas Soares
  • Cid Vale Ferreira
  • Andrei Cerentini
  • Gabriela Catunda Peres
  • Luiz Alberto Barreto Leite
  • Daniela de Souza Pritsch
  • Aline Anarelli de Araújo
  • Guapo Magon
  • Colaborações anônimas

Atualmente estamos com apoios mensais suficientes para o envio de cerca de 4kg de livros e zines que são distribuídos entre as pessoas e coletivos solicitam material conosco. Se você tiver interesse em indicar espaços sociais, bibliotecas comunitárias e coletivos de inspiração anárquica ou anarquista para enviarmos materiais, por favor, envie um e-mail para trocarmos contatos e formas minimamente seguras de envio dos endereços e referências de quem poderá receber o material. Nosso e-mail: monstrodosmares[a]riseup.net

Editora Monstro dos Mares: 200.000 impressões de livros e zines anárquicos

Duzentas mil, é impressão pra chuchu! Queremos comemorar e compartilhar com vocês esses números. Criamos um hotsite com essas estatísticas na rede de serviços anônimos Tor. Se você utiliza o navegador Tor Browser (recomendamos o uso), poderá acompanhar mensalmente a atualização de nosso DataMonstro. Um caderno onde realizamos as anotações de quantos livros e zines foram impressos no mês, tal como as quantidades de materiais doados.

Ao hotsite demos o nome de Numerologia, que pode ser acessado no endereço http://numerosjibchfrrm.onion utilizando seu navegador Tor. Nesta página é possível acompanhar quantas impressões já foram realizadas, total de livros e zines impressos, quantidade de litros de tinta utilizados e o histórico mensal desde a criação do DataMonstro no final de 2018.

A importância de jogar tinta no papel é uma tarefa que nosso coletivo editorial se propõe, sabemos da importância dos conteúdos impressos circulando de mão em mão entre compas anarquistas, singularidades anárquicas, pessoas que realizam pesquisas acadêmicas, movimentos sociais, coletivos, bandos e bandas. Queremos seguir com esse rolê por mais tempo, mesmo diante do colapso que se avizinha cada dia mais.

Neste momento em que livros e editoras independentes atravessam um amplo processo de gourmetização, as editoras anárquicas e anarquistas se colocam como alternativas de baixo e baixíssimo custo para pessoas que ainda preferem o livro barato, acessível e fundamentado na cultura do faça-você-mesma e na ampla utilização de softwares livres.

Alcançamos o número de 200.000 impressões com a ajuda e a disposição de muitas pessoas que fizeram parte deste coletivo publicador, com a colaboração daquelas que foram se chegando e com o fundamental apoio das pessoas que curtem nossos materiais, compartilham nas redes sociais, recomendam para outras pessoas, que fazem compras quando possível e aquelas que fortalecem nossa Rede de Apoio financeiro no Catarse.

É com o carinho pelos livros e a forte convicção de que ao fazer edições anárquicas que passam longe das prateleiras de grandes redes de livrarias é uma forma de ação direta, uma ferramenta de luta contra o capitalismo, a colonialidade e o patriarcado em todas as suas expressões. E que por isso, pode e deve ser reproduzida para ler em qualquer lugar, discutir em grupo, promover oficinas, citações acadêmicas, rodas de conversas e
fazer impressões para fortalecer o seu rolê anarquista / banquinha de zines / coletivo.

Independente de sua corrente, tendência ou espectro de atuação anárquica ou anarquista, a Monstro dos Mares está posicionada ao lado de quem luta pelos que vem de baixo, pelas pessoas que resistem contra a Hidra de Lerna do grande capital e em conjunto com todas monas, minas e manos que fazem a luta social em todos os espaços.

Com isso convidamos as singularidades e coletividades para se somarem em nosso esforço de publicação. Utilizarem nossos materiais para criarem suas próprias editoras e distros, para fortalecerem suas atuações e compartilharem a cultura do faça-você-mesma. Seja ao solicitar o envio gratuito de livros e zines para suas iniciativas, seja comprando materiais conosco quando possível, realizando a divulgação de nossos títulos ou mesmo apoiando financeiramente para que nossa editora possa seguir existindo.

Saúde, Solidariedade, Livros e Anarquia!

Números do mês de Junho de 2019

  • Impressões totais desde Agosto de 2017: 208.007
  • Impressões de Junho de 2019: 9.829
  • Livros impressos: 86
  • Livros doados: 37
  • Zines impressos: 210
  • Zines doados: 150

Acesse o hotsite com todos os dados da Numerologia da Monstro dos Mares em http://numerosjibchfrrm.onion (requer Navegador Tor)

Um Maio solidário, obrigado.

Já faz algum tempo a Monstro dos Mares realiza um apanhado das quantidades de livros e zines impressos no mês e a proporção de materiais impressos distribuídos gratuitamente. Mas desde o final de Abril algumas coisas acontecerem e esse post será para falar sobre isso além de apresentar os números do mês.

Com a palavra, nosso editor:

Sabemos que saúde é uma parada importante. Mas, nem sempre ela é prioridade em nossas vidas por diversos motivos. Geralmente é o rolo compressor do capital que esmaga nossos dias: seja para ter que trabalhar mais, manter horários, arrumar um bico extra para complementar a grana, pegar mais aulas, correr atrás de algo que você acha que precisa ou simplesmente não fazer nada por falta de grana. Esse foi o caso para colocar os cuidados com a minha visão de lado. Utilizo óculos desde os 14 anos e no mẽs de Novembro perdi meus óculos. Eu já sabia que havia um histórico de propensão ao glaucoma na família, eu já sabia que devia fazer exames, mas eu também sabia que eram caros e que eu não teria grana pra isso.

Estive no SUS em Dezembro, consultei com o Clínico Geral onde solicitei encaminhamento ao atendimento especializado, o que nunca se concretizou por diversos motivos. Ignorei essa urgência e segui tocando o barco, fazendo livros, mudando de cidade, pensando nos próximos títulos, etc. Sem perceber comecei a ampliar os textos para ler no computador e uma forte dor nos olhos e na cabeça começaram a acompanhar minhas manhãs. Eram sinais de alerta que eu continuei ignorando.

Quando o zoom no computador estava em 300%, as dores nos olhos, uma mancha embaçada na visão e um humor terrível haviam me dominado recebi ajuda e aconselhamento da companheira e de um amigo editor. Estava insustentável. Meu amigo emprestou a grana para consultar e saí de lá em pleno desespero. R$1.400,00 em exames, mais R$1.300,00 nos óculos. Eu não tinha essa grana e não sabia o que fazer. Falei com algumas pessoas que poderiam me ajudar e uma delas propôs de fazer uma vaquinha na internet. Eu não queria aquilo, seja por orgulho, seja por medo de que daria tudo errado, não queria me expôr. Mas não havia outra alternativa e também havia alguma urgência. Para minha surpresa, muitas pessoas se somaram e fizemos uma Vakinha Linda!

Agora estou finalizando a bateria de exames e terei uma nova consulta em breve. O que eu sei até o momento é que tenho uma escavação profunda no nervo ótico do lado direito e catarata nos dois olhos. Mas quero agradecer cada pessoa que enviou mensagem pra mim, compartilhou os links, mandou aquele axé/oração e quem abriu a gaita e fortaleceu a solidariedade. Super obrigado mesmo, nem sei como agradecer. Sei sim, vou seguir fazendo o que eu escolhi fazer da vida e imprimir mais material grátis!

Com tudo isso acontecendo ao mesmo tempo, cuidar da lojinha na internet, publicar nas redes sociais e produzir livros se tornou quase impossível. Por isso no mês de Maio contei bastante com o material em estoque e fiz pouquíssimas impressões. Mas dar um tempo também é legal, principalmente se for para cuidar um pouco mais saúde. Portanto cuidem-se, contem com as demais pessoas, peça ajuda!

Saúde, livros e anarquia!

Números do mês de Maio:

  • Impressões totais desde Agosto de 2017: 198.178
  • Impressões de Maio de 2019: 2.050
  • Livros impressos: 17
  • Livros doados: 8
  • Zines impressos: 48
  • Zines doados: 26

A Editora Monstro dos Mares precisa da sua ajuda para continuar, contribua com a Rede de Apoio no Catarse e receba materiais impressos em sua casa.

Numerologia do mês de Abril

Presente, passo e futuro

“Minha pedra é ametista / Minha cor, o amarelo / Mas sou sincero / Necessito ir urgente ao dentista”

BOSCO, JOÃO. Bijuterias.


Desde o mês de Setembro de 2017 a Editora Monstro dos Mares vem contando com a ajuda dos astros para conhecer a vida útil de sua única impressora, todo mês a máquina cospe um relatório com o número total de suas impressões, status do cabeçote de impressão e outras características. Esses dados são úteis para além de conhecer o desempenho do equipamento, gerar manutenções e saber como estamos indo.

No mês de Outubro de 2018 começar a contar a quantidade de livros e zines produzidos e também aqueles materiais que são repassados sem custos para singularidades, coletivos e bibliotecas comunitárias. E em Abril de 2019 decidimos começar a consolidar esses números numa página em nosso servidor solar. Até então foram:

  • 196.120 impressões;
  • 9 litros de tinta;
  • 1.611 livros;
  • 2.169 zines.

No recorte do mês de Abril temos os seguintes números:

  • Impressões gerais: 7.673
  • Livros impressos: 175
  • Livros doados: 70
  • Zines impressos: 123
  • Zines doados: 106

Entendemos que utilizar essa numerologia é uma forma de apresentar para nossas amizades da Rede de Apoio e pessoas interessadas em nossa atividade editorial o quanto a Monstro dos Mares se movimenta, como estamos produzindo e ter a dimensão do quanto nosso rolê está empenhado em realizar a divulgação acadêmica e anárquica que nos propomos.

Nosso servidor solar ainda está em testes, mas em breve estará amplamente acessível na rede de comunicação anônima Tor. Você já usa Tor?

Março de 2019: agenda dos próximos eventos, impressões e colaboração.

No mês de Março a Monstro dos Mares resolveu levantar velas e aproveitar bons ventos para navegar até os diversos eventos que se avizinham nos próximos meses. Estaremos com livros e zines na 1ª Jornada Feminista LAGEDIS na UEPG, nos dias 4 e 5 de Abril, no Prédio do PDE ( Campus Uvaranas- UEPG), No Gods No Masters Fest junto com a Distro Dysca, entre os dias 19 e 21 de Abril em Peruíbe/SP, no 6º Colóquio Mulher e Sociedade, dias 23 e 24 de Abril, no Campus Central da UEPG e também estaremos na Cryptorave com nossas amizades da Editora Subta e Mar1scotr0n Coletivo Anarcotecnológico, nos dias 3 e 4 de Maio em São Paulo/SP

Bhêi! São tantos eventos que tivemos que imprimir bastantão. Com isso, passamos das 35.000 impressões no mês de Março. São três caixas e meia de papel A4. Vamos aos números:

  • Impressões totais desde Agosto de 2017: 188.455
  • Impressões no mês de Março de 2019: 36.593
  • Livros impressos: 365
  • Livros doados: 93
  • Zines impressos: 822
  • Zines doados: 46

Desde o mês de Fevereiro recebemos a presença de uma pessoa para colaborar com as atividades de seleção de textos, diagramação, impressão, montagem e acabamento nos livros e zines da editora. Então agradecemos quem chega pra somar e damos as boas-vindas ao compa Ernesto que vem dedicando uma tarde por semana para colar conosco e fazer a palavra impressa circular mais e mais, chegar em mais pessoas e fortalecer as lutas de minas, monas e manos. É nóis!

[Vídeo] Rolê pela Editora Monstro dos Mares e agradecimentos do mês de Março

Olá compas!

No ano de 2019 nós decidimos criar vídeos apresentando alguns processos que a Editora Monstro dos Mares utiliza para fazer livros desde os primeiros passos. O vídeo de hoje é um rolê mostrando o computador, impressora, guilhotina, grampeador, capas e armazenamento.

No vídeo com um pouco mais de 5 minutos também é apresentado o equipamento conquistado com o apoio da ferramenta solidária de financiamento recorrente e coletivo, o Catarse. As pessoas realizam pequenas contribuições mensais a partir de R$5 e recebem (se quiserem) algumas recompensas por isso.

Neste mês de Março serão enviadas recompensas que trocamos com as as amizades da Imprensa Marginal Editora Anarcopunk e Distro que recebemos em nossa caixa postal.

Conheça a editora por dentro.

Nossos agradecimentos aos apoios de:

  • Lucas Soares
  • Claudia Mayer
  • Willian Aust
  • José Vandério Cirqueira
  • Manu Quadros
  • Paulo Oliveira
  • Daniela de Souza Pritsch
  • Fábio Rocha
  • Eduardo Salazar Miranda da Conceição Mattos
  • Guapo Magon
  • Apoiadoras e apoiadores anônimos

Agradecemos imensamente o apoio e o carinho das pessoas em nossa atividade. Acreditamos que livros contém em suas páginas todos os espectros de experiências capazes de transformar a humanidade.

http://catarse.me/monstromensal

Instituto DataMonstro informa: Em Fevereiro chegamos a 150.000 impressões

ÊITA!

Ironizando o economiquês:

Conforme o último relatório do Instituto DataMonstro divulgado com os números do mês de Fevereiro, a Monstro dos Mares, pequena editora de divulgação acadêmica e anárquica do interior do Paraná, realizou 151.862 impressões, sendo 18.854 somente neste período. É importante salientar que não é possível realizar a distinção entre livros e zines no formato A5 ou A6, por isso foram calculados somente as impressões A4, indiferentemente se do tipo “frente e verso” ou somente em um lado da folha.

Conversamos com um dos editores sobre o relatório:

Nosso objetivo com esse levantamento é compreender o quanto somos pessoas dedicadas em fazer livros/zines, divulgar a cultura libertária e as epistemologias dissidentes com uma quantidade de materiais distribuídos gratuitamente para manos, minas e monas que fortalecem a anarquia e o anarquismo. Neste mês de Fevereiro por exemplo, nós recebemos a visita das amizades da Editora Subta e com isso foi possível enviar muitos livros para distribuição sem nenhum custo. Também enviamos materiais para alguns espaços e bibliotecas comunitárias através dos correios. Fazer livros é só felicidade!

Editor V.

Conforme apuração, nos próximos meses a editora artesanal pretende ampliar o estoque de materiais para participar de mais eventos ou enviar as caixas para singularidades e coletivos que, segundo o editor V., “fazem a mão” em festivais e congressos.

/fim da ironia

Vamos aos números:

  • Total de impressões: 151.862
  • Impressões em Fevereiro: 18.854
  • Livros impressos: 151
  • Livros doados / distribuição gratuita: 121
  • Zines impressos: 608
  • Zines doados / distribuição gratuita: 85

Mensalmente pessoas de diversas partes do país contribuem pública e anonimamente para que possamos manter nosso endereço de domínio no site da loja, manter ativa nossa caixa postal, realizar manutenção nas guilhotinas, comprar papel e tinta que são utilizadas na impressão dos materiais distribuídos gratuitamente, envio através dos Correios para singularidades e coletivos. Bem como, a aquisição de novos equipamentos e melhoria das condições de nosso pequeno, mas valoroso espaço. Valeu mesmo! Obrigado por somar à nossa Rede de Apoio.