Eventos para encontrar os livros da Monstro dos Mares em Novembro

Tradicionalmente o mês de Novembro é aquele em que acontece a Feira Anarquista de São Paulo. Por diversos anos a Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre também rolou mais ou menos na mesma data. Todos os anos vem a ansiedade para saber a que eventos poderemos comparecer presencialmente, quais serão aqueles a que poderemos enviar livros para fortalecer o rolê. Mas este ano 2018 superou qualquer expectativa!

Neste Novembro você poderá encontrar os livros da Editora Monstro dos Mares em cinco eventos, sendo que quatro deles serão exclusivamente de cunho libertário. Com esse calendário cheio, podemos observar que há no Brasil (e também no mundo) uma ampliação da visibilidade das atividades anárquicas e anarquistas dentro e fora das universidades, bem como nas ruas na luta social diária.

Nosso bonde editorial só existe porque vemos nas éticas, práticas e visões de mundo autônomas, anárquicas e anarquistas, um modo de possibilidade, uma existencialidade epistemológica frutífera capaz de estabelecer relações com conhecimentos, saberes, modos de vida e práticas de resistência de pessoas, coletivos, bandos, bandas, rolês e movimentos da atualidade, de e para qualquer tempo.

Encontre nossos livros, encontre as pessoas que fazem a editora, ou aquelas que nos conhecem, fortaleça nossa rede de apoio e faça você também da tinta no papel um ato de resistência e enfrentamento às relações de poder opressoras que estão estabelecidas. Façamos do livro o fuzil de quem pensa!

Eventos de Novembro de 2018 que estaremos presentes ou que você poderá encontrar nossos livros:

I Colóquio Pesquisa e Anarquismo – de 06 a 09 de novembro em Florianópolis https://doity.com.br/i-coloquio-pesquisa-e-anarquismo

IX Feira Anarquista de São Paulo, 11 de Novembro, Tendal da Lapa, São Paulo. https://feiranarquistasp.wordpress.com/

I Jornada de Educação Libertária de Curitiba, 20, 21 e 22 de novembro. https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/09/10/i-jornada-de-educacao-libertaria-de-curitiba-pr/

XI Colóquio de Filosofia da Unespar União da Vitória, de 19 a 23 de novembro. https://coloquiofilosofiaunespar.wordpress.com/

II Feira Anarquista do Distrito Federal, dia 24 de Novembro. https://feiraanarquistadf.wordpress.com/

Veja como foi: Oficina de zines em Cachoeira do Sul

1544566_459843844117907_565705258_n
No dia 18 de Janeiro, atendendo ao convite do Movimento Feminista de Cachoeira do Sul, a Editora Artesanal Monstro dos Mares, com o apoio da Rádio Caruncho FM Livre, realizou uma oficina de zines. Na ocasião foram apresentados os conceitos básicos do que é fanzine, um pouco de sua história, exibição do documentário “Fanzineiros do Século Passado“, roda de bate-papo, oficina, exposição, vendas e logicamente a oficina de como fazer zines.

I used to say that I was dumb I couldn’t do the things he could
But listen here you boy I don’t need nothing from you
Don’t buy a zine that says to you that you have to wear make up
Don’t buy a zine that says to you that you have to lose some weight
They think that life’s a surrender and so am I.
And I think it’s time to make a choice do something good in your life.
I need no boys I can use my own mind. D need nothing from you. didn’t learn anything today don’t wanna go to school. I can learn with the news I can learn reading a book. don’t buy a zine that says to you
“What’s wrong about playing with boys”.
Don’t buy a zine that says to you “the world is made of love and joy”
♬ Dominatrix – No Make Up Tips

O evento que iniciou as 17h, se foi até próximo das 22h, quando vencidos pelo cansaço, foram recolhidos os equipamentos. A exibição do documentário e a roda de conversas foram bastante significativas para as pessoas compreenderem os processos da fanzinagem com instrumento de publicação alternativa, marginal e pedagógica de baixíssimo custo. A autonomia proporcionada pelos zines também ficou bastante evidente com a exibição do documentário, mas ficou ainda mais evidente ao apresentar a sua utilização em sala de aula.

A Feira Livre Municipal de Cachoeira do Sul mostrou-se mais uma vez ser um equipamento cultural amplo e diversificado, que merece maior atenção e utilização por parte de grupos, coletivos e movimentos. Uma vez que o espaço fornece em suas instalações a luz, água, energia elétrica e amplo espaço de convivência.

Estamos sempre dispostos em partilhar conhecimentos e contribuir no empoderamento de mulheres em qualquer atividade social e humana.

Racha Macho!

Fanzineiros do Século Passado – Capítulo 3 (full) from Márcio Sno on Vimeo.