Coloque seu zine para navegar

oceano

Atenção artilheiro
Três salvas de tiros de canhão
Em honra aos mortos da Ilha da Ilusão
Durante a última revolução do coração e da paixão
Apontar a estibordo… Fogo!
Orquídea Negra – Zé Ramalho

O coletivo libertário de publicações Editora Artesanal Monstro dos Mares convoca fanzineirxs para embarcarem em nossa próxima aventura pelos 7 mares das palavras. Estamos desenvolvendo um serviço de distribuição de zines através dos correios e coletivos participantes.

Mensalmente serão enviadas caixas contendo 400gr de papel e tinta, dependendo da quantidade de páginas de cada zine selecionado, estimamos que as pessoas receberão entre 10 e 20 publicações. As embalagens serão artesanais e colecionáveis, sendo que todo mês terão uma pintura personalizada. A arte da bagaça já está em desenvolvimento aqui em nosso espaço, numa garagem de Cachoeira do Sul (RS).

O valor do serviço ainda não está definido mas já temos algumas considerações importantes à fazer, uma vez que não haverá nenhum centavo de lucro envolvido. Nosso objetivo é colocar mais e mais zines para rolar, chegar nas mãos de pessoas, coletivos, banquinhas, distros e colecionadores. Todos os recursos arrecadados serão utilizados na captação de acervo, manutenção da zineteca do coletivo, impressão de mais zines, fundo de incentivo à novas publicações da editora e claro, muitas despesas de correios.

Por isso convidamos pessoas, grupos, coletivos, federações, redes, turmas, bandos e bandas que tenham zines, mesmo aqueles engavetados, para enviarem ao nosso coletivo e serem distribuídos num tsunami de caixinhas flutuando nos mares de palavras. Recentemente resgatamos duas máquinas fotocopiadoras do descarte e assim que possível elas vão trabalhar a todo o vapor para enviar zines para todo o país.

Para jogar sua contribuição nessa barca, basta preencher o formulário na página de envio de zines e aguardar o retorno, assim que o seu zine for incluído em uma das caixas, você receberá um e-mail solicitando o endereço de entrega para levarmos para sua casa as publicações da mesma forma que chegarão nas casas de todxs xs assinantes do serviço de distribuição.

Caso você tenha interesse em receber os zines na sua casa, basta espiar à bombordo e aguardar novos post aqui no blog, a previsão de lançamento do serviço é para o mês de Abril, com a primeira postagem nos correios para o primeiro dia útil de Maio e assim sucessivamente. Se não der para aguentar a ansiedade, não tem problema, basta entrar em contato conosco através do We. ou em nossa página no fachobook ou por e-mail (nossos piratas são viciados em internet e respondem bem rápido).

Ahoy!

[novidade] Deu monstro no milharal da internet

milharal

♬ Vomito o coração, de olhos abertos ergo meus punhos ao céu. / Do peito um grito se rasga aflito: Nunca mais submissão! / A colheita maldita aponta e indica: as crianças têm o poder. / É o fim senhores, as crianças cresceram e estão prontas para colher. – Colheita Maldita, Dance Of Days.

A partir de agora, a Editora Artesanal Monstro dos Mares faz parte do conjunto de blogs hospedados no Milharal, uma iniciativa de um grupo de voluntárixs para que mais projetos libertários e movimentos sociais possam utilizar sistemas seguros e em servidores de confiança.

Com essa migração, reafirmamos nossos compromissos com a luta social, com a liberdade dos povos e com a colaboração em rede de pessoas, grupos, coletivos, federações, comunidades, sindicatos e todas as pessoas que estão em movimento.

Nosso papel como editora, é esparramar cada vez mais tinta no papel, cada vez mais ideias circulando de mão em mão. Criar registros e documentação de nossa era, nossas lutas e pensamentos, para que essa geração permaneça no tempo, com tudo aquilo que fomos capazes de criar para destruir a opressão.

Saúde e Anarquia!

Adax, Simone BM, Burns, Celvio, Ênio, Karioka, Khynhu, Harmonia, Patrick, Vertov.

Domingos, 14h, Grupo de Estudos “Autonomia, Autogestão e Liberdade”

No dia 13 de maio, integrantes do Coletivo de Estudos Humanistas, Libertários e Anarquistas, da cidade de Araranguá (SC), estiveram em Cachoeira do Sul visitando o Editora Artesanal Monstro dos Mares. O encontro de confraternização também contou com trocas de materiais, como livros, impressos e objetos expositivos. Com o intercâmbio de ideias entre os coletivos, os membros da chamada Casa Pirata e convidados, dão início aos estudos de cooperação nas lutas libertárias globais.

O grupo de estudos pretende abortar temas que estimulem o pensamento crítico, através da leitura, discussão e criação de materiais em torno da autonomia, autogestão, imprensa, inovação social, liberdade, participação social, privacidade e tecnologia.

Os encontros serão sempre aos domingos, 14h, no Editora Artesanal Monstro dos Mares, na Rua Quinze de Novembro, 931. (Será servido um chá para esquentar as conversas.)